• Siga-nos nas redes sociais

Artigos Gerais

Vamos apoiar a Turquia!

690 450 Aliança Evangélica Portuguesa

Mensagem do Conselho de TEK (Associação das Igrejas Protestantes, ou Aliança Evangélica Turca) e um apelo às vossas orações e doações:

“Queridos irmãos e irmãs, estamos todos a passar por um profundo choque após o terramoto desastroso. Embora ainda não saibamos a extensão total dos prejuízos, é evidente que estamos perante uma situação muito grave e difícil. Muitas igrejas e crentes na zona do terramoto estão a trabalhar arduamente para ajudar as vítimas, enquanto lutam com as suas próprias dificuldades e dor. Não nos esqueçamos de apoiá-los com as nossas orações. 

Se os irmãos e irmãs nas províncias vizinhas poderem abrir as suas casas temporariamente para alojar quem necessitar, então devem falar com os seus próprios líderes da igreja que podem contactar pastores e outros que trabalham na região afetada… “

Outra forma de poiar é financeiramente, através das contas bancárias abaixo indicadas. Os fundos recolhidos serão utilizados exclusivamente para as vítimas do terramoto na região e, no final, será apresentado um relatório.
A Aliança Evangélica Europeia está a canalizar donativos para apoiar a Aliança Evangélica Turca (TeK). Os fundos irão para a ONG turca, a First Hope Association, que já está a trabalhar nos esforços de socorro (para mais detalhes, veja a página da EEA Website post). Para outras formas de dar, por favor leia o artigo publicado pela Evangélical Focus aqui.

Conta Beneficência AEP:
IBAN: PT50 0033 0000 4528 2173 8960 5 
SWIFT: BCOMPTPL

Apoio Turquia

Que o Senhor tenha misericórdia de todos nós. Que o Espírito Santo nos proteja e nos dirija!

Semana Universal de Oração 2023

1080 1080 Aliança Evangélica Portuguesa

Mais uma vez iniciamos este novo ano com um desafio para a Oração, através da SEMANA UNIVERSAL de ORAÇÃO que desta vez tem como tema “Alegria”.

Nesse sentido, queremos estimular mais uma vez todas as igrejas evangélicas em Portugal a observar a Semana Universal de Oração, entre os dias 8 e 15 de janeiro de 2023, quer em iniciativas realizadas separadamente por cada comunidade local quer em reuniões que possam juntar comunidades de diferentes denominações na mesma localidade ou região. Como lembrou o Senhor Jesus na Sua oração ao Pai: “Para que todos sejam um, como tu, ó Pai, o és em mim, e eu em ti; que também eles sejam um, em nós, para que o mundo creia que tu me enviaste” (João 17:21).

Conheça aqui o Guia de Oração 2023 – PDF

Conheça aqui quando e onde participar nas reuniões locais de oração (documento a disponibilizar brevemente)

Descarregue aqui os cartazes da Semana Universal de Oração em diferentes formatos.

Deus ricamente vos abençoe!

EVANGÉLICOS EM PORTUGAL SEGUNDO O CENSOS 2021

625 757 Aliança Evangélica Portuguesa

De acordo com os dados recentemente divulgados referentes ao inquérito nacional “Censos 2021”, dos residentes em Portugal com 15 e mais anos de idade, que voluntariamente responderam à pergunta sobre a sua pertença religiosa, 186832 afirmaram ser protestantes/evangélicos (2,13% dos respondentes). Uma parte significativa destes cidadãos integram igrejas e comunidades religiosas que estão filiadas na Aliança Evangélica Portuguesa.

Esta federação, constituída a 14 de novembro de 1921, com estatutos aprovados desde 6 de fevereiro de 1935, tem por objetivo congregar os evangélicos portugueses e representá-los perante a sociedade e o Estado. É o mais antigo e abrangente organismo de cooperação desta família cristã, contando, atualmente, como membros, mais de 700 comunidades evangélicas locais e cerca de 65 organizações, entre as quais se incluem diversos organismos ou federações das igrejas evangélicas mais representadas em Portugal.

Refira-se que esta é a primeira vez, desde que em 1864 foi realizado o I Recenseamento Geral da População Portuguesa, que a designação “evangélica” foi incluída numa categoria de pertença religiosa, o que pode ajudar a explicar o facto de ter aumentado significativamente o número de respondentes, uma vez que aqueles que se identificavam como “protestantes” em 2011 eram apenas 75571 (0,84% dos inquiridos). Na verdade, a grande maioria das pessoas que pertencem a igrejas evangélicas em Portugal autorrepresentam-se como evangélicos, embora sejam herdeiros dos princípios doutrinários da Reforma Protestante do século XVI, designadamente o reconhecimento da centralidade e da autoridade da Bíblia como Palavra de Deus.

A ampliação da identificação da categoria, que no Censos 2021 passou a ser “protestante / evangélica”, resultou de uma proposta apresentada em 2019 pela Comissão da Liberdade Religiosa ao Instituto Nacional de Estatística, por se adequar melhor à diversidade que este grupo representa, incluindo desde igrejas históricas a pentecostais. Para além desta modificação, foram ainda incluídas as categorias de “testemunhas de Jeová”, “budista” e “hindu”; não foi aceite a inclusão da categoria “crentes sem religião”.

De destacar o facto de, segundo o Censos 2021, continuar a diminuir o número total de cristãos em Portugal e de serem já mais de um milhão os que se consideram pessoas sem religião. Para os evangélicos, com comunidades organizadas no país há quase dois séculos, a Bíblia é a sua única regra de fé, sendo esta uma mensagem de crucial importância para cada indivíduo em particular e para a sociedade em geral, no que diz respeito às suas necessidades, quer sejam espirituais, morais, éticas, culturais, sociais, políticas, etc.

Para consultar em detalhe a filiação religiosa da população portuguesa, os dados podem ser visualizados aqui:

https://tabulador.ine.pt/indicador/?id=0011644

A MORTE NA PERSPETIVA DOS EVANGÉLICOS

1510 1004 Aliança Evangélica Portuguesa

Com base nas Sagradas Escrituras, os evangélicos afirmam que o crente que se arrepende dos seus pecados e confia sem reservas na morte de Cristo, oferecida como sacrifício único para a sua salvação, recebe a vida eterna na altura da sua conversão (João 5:24). A ressurreição de Jesus é uma vitória sobre o “último inimigo”, a morte física, e garante a futura ressurreição do crente para viver com Ele em “novos céus e numa nova terra em que habita a justiça” (2 Pedro 3:13). Entretanto, a morte física significa uma passagem imediata do seu espírito para a presença do Senhor (Lucas 23:43), não por causa dos seus próprios méritos, mas com base no dom gratuito da vida eterna que Jesus lhe confere pela graça de Deus, e que ele recebe por meio da fé.
A morte física é uma realidade que aguarda todo o ser humano. Surge por vezes de formas repentinas e trágicas, outras vezes como o fim de um processo de enfraquecimento e velhice que envolve muita dor e sofrimento, ou outras vezes ainda de uma forma tranquila. Mas ela traz sempre questões às quais – tanto o próprio que a antecipa como os seus entes queridos – têm dificuldade em responder. Sendo Jesus o único caminho de salvação (João 14:6) como cristãos evangélicos não acreditamos que os que não confiam n’Ele possam escapar da condenação eterna, da qual as Escrituras falam claramente (Marcos 9:45 a 48, 2 Tess 1:4-9). Nós não podemos, no entanto, conhecer o íntimo do coração dos outros, sobretudo na fase em que estes vêem a morte a aproximar-se – fase em que a pessoa pode depositar a sua fé em Jesus, independentemente da igreja a que possa pertencer, ou mesmo que não tenha pertencido a nenhuma. Só a Deus compete julgar. A noção do Purgatório, não sendo ensinada nas Escrituras Canónicas, não faz parte da fé dos evangélicos. Os crentes encaram os funerais como momentos privilegiados para poderem agradecer e celebrar a vida do que faleceu, sobretudo em casos em que o defunto era um crente de testemunho convincente. Para muitos o Dia dos Defuntos, mesmo não sendo uma altura em que se possa ou se deva orar a favor de entes queridos falecidos, pode ser um bom momento para os recordar e agradecer a Deus o legado moral e espiritual que deixaram.


Alan Pallister

25 anos da “Fé dos Homens” na RTP 2

768 576 Aliança Evangélica Portuguesa

Foi a 15 de setembro de 1997 que a televisão pública passou a emitir o programa “Fé dos Homens” pela primeira vez, com a participação das diferentes confissões religiosas. Desde então, nasceu o “Luz das Nações” da responsabilidade da Aliança Evangélica Portuguesa, ininterruptamente ás 3ª e 6ª feiras (RTP 2), atualmente entre as 15.00 e as 15.30h. Um programa de 7,30 minutos em que damos a conhecer a nossa identidade evangélica e fé em Jesus.

Aqui fica o testemunho de Samuel R. Pinheiro, que esteve na origem destes programas e foi responsável pelos mesmos entre 2003 e 2011.

“GRATIDÃO. É a primeira palavra que me ocorre quando penso em revista estes 25 anos. Um tempo de aprendizagem para mim que não tenho nenhum curso de comunicação social. Gratidão em primeiro lugar para Deus que nos dá o que nós necessitamos para desenvolvermos as oportunidades que Ele mesmo coloca nas nossas mãos. Gratidão para com um grande número de pessoas envolvidas do qual não me atrevo a citar os que lembro sempre com reconhecimento pelo compromisso, porque nestas lides não se pode falhar no cumprimento dos prazos.

OPORTUNIDADE. É outra palavra que me ocorre. A grande oportunidade que Deus concedeu para que a liberdade religiosa alcançasse um outro patamar ainda antes de existir lei, de modo a que este meio da comunicação social e do serviço público, continuar a alcançar uma população cujo desconhecimento do evangelho e da pessoa de JESUS é tão gritante tanto em termos culturais como na dimensão espiritual. Conhecemos alguns testemunhos que são evidencia do que apenas Deus sabe na íntegra aconteceu nestes 25 anos.

CONTEÚDO. Esta é outra indicação no meu entender essencial no processo comunicacional. A consciência que não se trata apenas de preencher uma rubrica de alguns, normalmente poucos, minutos, com uma estética agradável e apelativa, mas com a perspetiva de como em bandeja de prata levar a realidade da vida de JESUS e em JESUS, nos dias em que vivemos com todos os seus desafios, com os olhos colocados na reconciliação do homem com Deus.

DIÁLOGO. Aprender num processo continuo a conviver como sempre a comunidade evangélica em que me reconheço, a conversar sobre a fé, que como a Escritura nos exige, a apresentar a verdade em amor. Numa cultura que tende a considerar que a verdade é o que cada um entende como tal, mas que no sentido espiritual, ético e moral, social e cultural, é JESUS que se nos apresenta como a verdade.

FUTURO. Termino com esta consciência de que Deus não é prisioneiro de nenhum tempo ou geração, mas que permeia todas elas numa renovação constante. Olho para trás apenas para com mais firmeza e expetativa encarar os desafios do presente num voto sincero pessoal de que estes 25 se perpetuem na bênção de Deus sobre todos os que continuam ativos, empenhados, comprometidos com a visão e o serviço a Deus através da RTP2 e da Antena 1. As minhas orações estão convosco, o meu estímulo e encorajamento, e a minha gratidão. “

Conheça toda a programação do “Luz das Nações” e “Caminhos” aqui – https://aliancaevangelica.pt/site/tv/

Leia aqui o Comunicado da Comissão do Tempo de Emissão das Confissões Religiosas

Estamos muito gratos a Deus por estes 25 anos de programas e de oportunidades de partilhar esperança. E agradecemos muito por todos os irmãos que ao longo dos anos têm tornado possível estes programas. Sem dúvida, é tempo de celebrar!

Samuel R. Pinheiro

Coordenador da Assessoria de Comunicação da AEP entre 2003 e 2011

https://samuelpinheiro3.wixsite.com/omelhordetudo

25 anos da “Fé dos Homens” na RTP 2

1920 1080 Aliança Evangélica Portuguesa

Foi a 15 de setembro de 1997 que a televisão pública passou a emitir o programa “Fé dos Homens” pela primeira vez, com a participação das diferentes confissões religiosas. Desde então, nasceu o “Luz das Nações” da responsabilidade da Aliança Evangélica Portuguesa, ininterruptamente ás 3ª e 6ª feiras, atualmente entre as 15.00 e as 15.30h. Um programa de 7,30 minutos em que damos a conhecer a nossa identidade evangélica e fé em Jesus.

Conheça toda a nossa programação mensal aqui – https://aliancaevangelica.pt/site/tv/

Leia aqui o Comunicado da Comissão do Tempo de Emissão das Confissões Religiosas.

Estamos muito gratos a Deus por estes 25 anos de programas e de oportunidades de partilhar esperança. E agradecemos muito por todos os irmãos que aos longo dos anos têm tornado possível estes programas. Sem dúvida, é dia de celebrar!

Conferência Bíblia “Vida Centrada em Cristo”

960 960 Aliança Evangélica Portuguesa

É já na semana de 8 a 12 de agosto que o Acampamento Baptista de Água de Madeiro vai receber a XII Conferência Bíblia “Vida centrada em Cristo”, com o Pastor Luiz Sayão como principal orador.

Segundo a direção do Acampamento, localizado no Pinhal de Leiria, o espaço onde vai decorrer o evento está renovado, requalificado e preparado para receber todos os conferencistas em conforto e bem-estar. Será também uma oportunidade de refletir Cristo num ambiente que permitirá a solidão e o convívio, o tempo com Deus e com os outros.
Um tempo de refrigério da Alma, de renovação de forças e de compromisso com Cristo.
Queremos muito recebê-lo!
Que contemple no seu planeamento esta pausa e este encontro consigo e com Deus.
O Acampamento Baptista de Água de Madeiros aproveita esta plataforma para vos dar a conhecer e abrir a porta de inscrição.

Mais info:
https://acampamentobaptista.com.pt/evento/xii-conferencia-biblica-2022

São todos muito bem-vindos!

Dia Mundial do Refugiado – 20 Junho

846 1200 Aliança Evangélica Portuguesa

No âmbito do Dia Mundial do Refugiado, assinalado a 20 de Junho, a Comunidade Evangélica Internacional convencionou, a cada ano, assinalar esta data nas igrejas evangélicas através dos Domingos de Oração pelos Refugiados, que são os domingos anterior e posterior a dia 20, e que este ano, serão 19 e 26 de Junho.
Damos graças a Deus por tudo o que a Comunidade Evangélica está a fazer em favor dos cidadãos refugiados, e queremos apelar a todas as comunidades evangélicas para assinalarem estes dias sensibilizando para uma temática tão atual e onde a igreja de Jesus pode e deve ser sal e luz. Refúgio é uma ideia de Deus e a defesa dos mais vulneráveis, como os estrangeiros, também.
O tema deste ano do Dia Mundial do Refugiado é “Defensor“, sendo que o nosso Deus é o Defensor dos estrangeiros, órfãos e viúvas, conforme Deuteronómio 10:18.
Caso as igrejas desejem receber algum material mais aprofundado sobre o tema, ou formação, poderá solicitar através deste e-mail. A assessoria da Aliança Evangélica Portuguesa para os Refugiados dispõe de materiais e (in) formação para:
– awareness/ sensibilização para o tema dos refugiados e temáticas psicossociais associadas (dados gerais, estatísticas, países de origem e suas características religiosas e socioculturais, Tráfico de Seres Humanos, Igreja Perseguida, etc.)- Links e recursos (in) formativos sobre os refugiados partilhados por comunidades evangélicas em Portugal e na Europa.- Recursos da OIM (Organização Internacional das Migrações) sobre diferenças culturais e reinstalação.- Recursos para o diálogo inter religioso e intercultural- Recursos sobre resiliência e trauma- Recursos para o acolhimento de crianças refugiadas- Recursos para ensinar às crianças (nacionais) sobre o acolhimento de refugiados, à luz da Bíblia.- Recursos para o evangelismo de outras culturas- Conhecimento e contactos de organizações cristãs nacionais e internacionais que atuam neste âmbito. 
Se necessitarem de informações mais específicas sobre aspetos legais, empregabilidade, habitação e respostas sociais, queiram por favor contactar a Aliança Evangélica e/ou a Eunoia (geral@eunoia.pt) que vos ajudará neste sentido. Mais informações também em https://aliancaevangelica.pt/site/crise-na-ucrania-como-podemos-ser-comunidade-de-acolhimento/

Que possamos ser todos defensores dos refugiados!

A responsável pela assessoria da Aliança Evangélica Portuguesa para os refugiados, Elsa Correia Pereira

Dia Nacional de Oração pelas Crianças – 29 Maio 2022

1024 585 Aliança Evangélica Portuguesa

Como tem sucedido em anos anteriores, no último domingo de Maio assinalamos o Dia Nacional de Oração pelas Crianças de Portugal, promovido pela Aliança Evangélica Portuguesa, em parceria com os diferentes ministérios e organizações que trabalham mais diretamente com os mais novos.

Sabemos que Portugal tem uma vasta população infanto-juvenil na qual é, sem dúvida, importante investir ao nível da respetiva evangelização e do discipulado.  A propósito, na Bíblia, em Marcos 16:15 encontramos esta indicação de Jesus: “Ide por todo o mundo e pregai o evangelho a toda criatura” (e a criança é uma criatura). Então, vamos investir e orar por elas!

Lembramos também que as crianças sofrem pressões intensas para que Deus seja excluído das suas vidas. Muitas são marginalizadas, desprezadas e abusadas em tantas áreas: educacional, familiar, física, psicológica, religiosa, sexual, social, etc… Além disso, muitas ideias querem ocupar as suas mentes. Se ficarmos parados, uma geração inteira estará perdida. O que fazer então? Mais do que nunca, há necessidade de juntarmos as mãos e o coração em favor da evangelização e do discipulado das nossas crianças! Para tal, sugerimos e desafiamos todas as igrejas evangélicas, organizações e famílias a prepararem as suas próprias reuniões ou encontros de oração, separando um momento especial do dia para interceder a favor dos seguintes motivos:

 Salvação
 Crescimento espiritual e Discipulado
 Saúde emocional das crianças

Porque GANHAR E DISCIPULAR CRIANÇAS PARA CRISTO É UM GRANDE DESAFIO, lançamos este desafio para que todos se envolvam neste Dia Nacional de Oração pelas Crianças de Portugal! 

“Levanta-te, clama de noite no princípio das vigílias, derrama o teu coração como água perante o Senhor; estende para Ele as tuas mãos em súplica, para que os teus filhos vivam” (Lam. 2:19).

Fórum Evangélico “Chamados a Acolher!” – Inscreve-te!

1920 1080 Aliança Evangélica Portuguesa

Depois da pandemia, continuamos a enfrentar grandes desafios da atualidade. Atravessamos agora uma Guerra na Europa que está a provocar milhões de refugiados e a Igreja é chamada para agir! É neste contexto que surge o Fórum Evangélico 2022 sobre o tema “Chamados a Acolher!“, que se realiza no próximo dia 23 de Abril na Faculdade de Medicina Dentária de Lisboa. Será uma oportunidade para percebermos o que a Igreja está a fazer, ouvirmos testemunhos inspiradores, diagnosticarmos necessidades e percebermos como podemos agir a favor de quem sofre, para a glória de Deus!

A partir das 10.00h, teremos simultaneamente a decorrer SemináriosSala de Oração, atividades para crianças, a EXPO Evangélica com a presença de diversos ministérios que vale a pena conhecer! O Fórum terminará ainda com um Concerto Solidário e de Oração com Marcos Martins e os Amigos.

Inscrições para participar aqui: https://forms.gle/qXd9c9gA35aSHE9TA

error: Conteúdo Protegido!