• Siga-nos nas redes sociais

Roteiro De Uma Peregrina – Isabelle Ludovico da Silva

Roteiro De Uma Peregrina – Isabelle Ludovico da Silva

960 642 Aliança Evangélica Portuguesa

Muitas pessoas esperam ansiosamente o ano novo com a expectativa de que suas vidas irão melhorar como num passe de mágica. Mas as mudanças só acontecem quando a gente passa de vítima a protagonista, assume o volante da própria vida, se dispõe a corrigir os erros do passado e perseguir alvos mais construtivos. Como diz a sábia Mafalda:

 

Como peregrinos numa terra desconhecida (já que o futuro é uma incógnita), precisamos de mapa e provisões. O mapa são os princípios, prioridades, valores e objetivos que irão nortear nossa caminhada. Quem não tem o seu mapa acaba se deixando levar pelos outros. As provisões dizem respeito às experiências acumuladas ao longo da vida, e principalmente aos recursos que encontramos em Deus: amor, alegria, paz, sabedoria, esperança.

O início do ano é uma oportunidade ímpar de reservar uma manhã para sair da rotina, avaliar nossa vida, identificar sucessos e fracassos, definir novos rumos, redirecionar nossos recursos visando corrigir metas equivocadas, sair de atalhos e atoleiros, voltar para a via principal. Pessoas que viram a morte de perto ou que tem uma doença terminal fazem este balanço e tentam barganhar com Deus de modo a ter mais uma oportunidade de se livrar de tudo o que é supérfluo para ficar apenas com o essencial. Sábio é aquele que não espera um momento tão trágico, e às vezes irreversível, para selecionar e dar prioridade aquilo que é realmente importante e eterno: o afeto.

Em vez de perpetuar padrões distorcidos, como o ativismo, que deixam você cada vez mais fragmentado, frustrado, alienado ou amargurado, procure proporcionar para você mesmo um tempo de reflexão e sossego. Aquiete a sua alma, tenha a coragem de olhar para dentro de você, deixe a luz entrar, inicie uma faxina e rearrumação interior.

Ano passado, escrevi um roteiro que me permite hoje avaliar o caminho andado. Alguns objetivos continuam, outros são ligeiramente diferentes. Sugiro que façamos três listas: a lista da vida, a lista do ano e a lista da semana. Seguem as minhas! Convido você a fazer as suas! Com a ajuda de Deus, você será bem sucedido nesta empreitada.

Lista da vida:

  • Ser amiga (de Deus, de mim mesma, do outro)
  • Caminhar em direção à humildade, simplicidade, alegria e generosidade
  • Servir de acordo com os meus recursos, talentos e dons.
  • Ser sinal de Reino de Deus, contribuindo para que este mundo seja mais justo e solidário

 

Lista do ano:

Ser mais íntima de Deus

  • Reconhecer meus erros e aprender com eles
  • Livrar-me de coisas inúteis ou supérfluas
  • Relaxar e cultivar o bom humor
  • Integrar sentir, pensar e agir
  • Ter iniciativa e sair da rotina
  • Permanecer a caminho, aprendiz,
  • Continuar crescendo e melhorando

Lista da semana:

  • Dedicar um tempo para ler a Palavra, meditar e orar
  • Desfrutar de cada dia como um presente
  • Ser grata pelas pequenas alegrias do dia a dia
  • Reter os sinais de esperança
  • Comer devagar e apenas o suficiente
  • Caminhar e apreciar a natureza
  • Agir em vez de reclamar
  • Acolher as pessoas que Deus colocar no meu caminho

 

PS: Um conselho: risque as palavras “nunca” e ”sempre”, elas revelam expectativas exageradas e irrealizáveis que só geram frustração. Nada de perfeccionismo, pois acaba se tornando um fardo em vez de ser um estímulo. Basta estar se movendo na direção certa!

 

Isabelle Ludovico da Silva
Psicóloga Clínica com Especialização em Terapia Familiar Sistêmica
isabelle@ludovicosilva.com.br