• Siga-nos nas redes sociais

Entrevista a Sónia Simões

Entrevista a Sónia Simões

600 400 Aliança Evangélica Portuguesa

Coordenadora do RTM Mulheres de Esperança

“Desejo que cada mulher entenda que “o seu valor excede o de finas jóias.”

AEP – Quem é a Sónia?

Sónia – A Sónia é uma mulher que ama ser mulher. É a filha mais velha de três irmãos, é esposa do Levi há 13 anos e mãe da Petra há 8. Conheceu o amor verdadeiro de Deus por si há 17 anos e, desde aí, nada foi igual! Tem muitos sonhos, procura cada dia ser uma pessoa melhor e deseja diariamente cumprir o seu propósito de vida.

AEP – É coordenadora do RTM Mulheres de Esperança (anterior Projecto Ana). Explique-nos o que é e quando se iniciou em Portugal.

Sónia – A RTM Mulheres de Esperança surgiu em Portugal em 2007 com o nome de Projecto Ana, mas é um ministério global com mais de 20 anos e faz parte da organização Trans World Radio (Rádio Transmundial). Este ministério construiu um poderoso vínculo entre as mulheres, unindo-as no poder da oração e através do programa de rádio Mulheres de Esperança.

A RTM Mulheres de Esperança procura incentivar, equipar e envolver as mulheres para viverem a sua fé através de cinco importantes ações:
Orar, Ouvir, Aprender, Crescer e Dar.

À medida que as mulheres adquirem sólidos ensinamentos bíblicos, elas encorajam as suas famílias, igrejas locais, comunidades e outras mulheres. Em qualquer que seja a situação, falamos a verdade de que Jesus é o único que pode proporcionar paz, esperança e cura perfeitas.
Em muitas partes do mundo, as mulheres sofrem vários tipos de abuso, são marginalizadas, experimentam altos níveis de pobreza, privação à educação, opressão e carências na saúde. Enquanto as reformas sociais prometem o reconhecimento da mulher e o seu verdadeiro papel na sociedade e o fim dos ciclos familiares negativos, apenas uma solução espiritual encontrada em Jesus Cristo tem o poder de proporcionar uma mudança sustentável e uma esperança duradoura.

Deus tem uma bela história para cada mulher, como uma expressão única da Sua graça e do Seu amor. Não importa o quão assustadores sejam os desafios das mulheres em todo o mundo, Deus não se esqueceu de nenhuma delas e tem um plano e um propósito para cada uma.

AEP – Em que consistem os vossos programas de rádio?

Sónia – O programa Mulheres de Esperança procura levar sabedoria prática e discipulado espiritual às mulheres, através do rádio, encorajando-as a experimentar o amor, a paz e o poder de Deus, enquanto enfrentam os seus desafios diários, e tem inspirado, amadurecido e levado esperança a milhões de ouvintes. É emitido em todo o mundo em mais de 400 estações de rádio e traduzido em mais de 70 idiomas.

Em Portugal, é produzido/adaptado pela Sarah Catarino, e é transmitido diariamente através da webrádio da Rádio Transmundial e, semanalmente, em mais 10 rádios locais espalhadas de norte a sul do país. Quero desafiar os leitores a ouvir um dos nossos programas! Visitem-nos em http://rtmportugal.org/

AEP – Quantos programas já fizeram até hoje?

Sónia – Em 10 anos já produzimos, adaptámos e gravámos mais de 500 programas, todos com temas relacionados com os desafios diários das mulheres, testemunhos na primeira pessoa, histórias verdadeiras, entrevistas a especialistas (psicólogos, médicos, advogados, sociólogos, entre outros) e dicas de vida.

AEP – Quantas mulheres estão a alcançar e onde?

Sónia – É muito difícil quantificar ouvintes, seja de rádio ou através das novas tecnologias. O rácio que seguimos, segundo indicações europeias, é de uma resposta de ouvinte (carta, email, telefonema, mensagem) para cerca de 1.000 ouvintes. Ao emitir o programa através das rádios locais, o objectivo é alcançar a população nos mais diversos lugares, independentemente da sua condição social, económica, cultural ou espiritual. A rádio continua a ser um dos orgãos de comunicação mais abrangente e acessível, embora o Mulheres de Esperança seja também possível de ouvir através de várias plataformas digitais (site da RTM, facebook, podcast, app, web radios) e também em CD.

AEP – Que respostas têm tido?

Sónia – Há muitos ouvintes que nos contactam de diversas formas, para cumprimentar, encorajar, falar acerca do tema de um programa, mas também para apenas e simplesmente conversar e pedir aconselhamento. Existem alguns exemplos de testemunhos que nos marcaram, como o de uma mulher que nos escreveu porque tinha uma fobia e há anos que não saía de casa. Após ouvir o nosso programa sobre o “Medo”, decidiu enfrentar o mesmo e saiu de casa após anos de clausura, pela fobia que sentia. Escreveu para nos agradecer e partilhar o seu testemunho. Como este, existem vários outros testemunhos e cremos que haverá muitos que nem se quer tomamos conhecimento.

AEP – Quais são as grandes necessidades das mulheres hoje em Portugal, em sua opinião?

Sónia – A verdadeira necessidade da mulher em Portugal ou em qualquer outra parte do mundo, na minha opinião, tem a ver com o facto de ser aceite, amada, valorizada e respeitada. Independentemente da cultura, e de facto existem culturas em que há um verdadeiro desrespeito e desvalorização da mulher enquanto ser humano, existe uma grande necessidade de valorização da mulher, enquanto esposa, enquanto mãe, enquanto profissional, dona de casa, entre outras. A realidade é que essa valorização, o respeito, o amor, ou a aceitação que muitas vezes se espera da sociedade em geral, apenas irá preencher parte da necessidade da mulher a menos que ela conheça verdadeiramente o seu Criador (Deus), e entenda o quanto é amada, respeitada, valorizada e verdadeiramente aceite por Ele através do Seu amor incondicional.

AEP – Nos temas abordados, procuram ir ao encontro dessas necessidades?

Sónia – Sim! Aquilo que procuramos através dos programas Mulheres de Esperança é abordar temas que sejam do quotidiano da mulher e a ajudem a enfrentar os seus desafios diários (relacionamento, saúde, educação dos filhos, entre outros) com esperança. O tema é sempre abordado com conhecimento profissional, onde apresentamos conselhos e dicas de forma a sermos de ajuda, mas também procuramos abordar um episódio bíblico relacionado com o tema e fazemos uma reflexão espiritual, usando assim a Bíblia como guia prático de ajuda e aconselhamento.

AEP – Como mulher cristã, o que tem significado para si coordenar este projecto?

Sónia – Aquilo que me motiva é cumprir o propósito que Deus tem para mim! E isso passa por muitas coisas, mas essencialmente passa pelo serviço ao próximo. Através da RTM Mulheres de Esperança, Deus tem-me dado a oportunidade de viver a compaixão pela mulher e a consciência da sua condição mundial de uma forma que jamais imaginei. Aquilo que mais anseio é que a mesma esperança que um dia me alcançou e me transformou na mulher plena que sou hoje, chegue a outras mulheres, mulheres cujas sementes de dor precisam de ser regadas com Esperança e Amor. Desejo que cada mulher entenda que “o seu valor excede o de finas jóias” e que, apesar das circunstâncias, há uma nova forma de viver.

AEP – Um versículo que seja especial para si.

Sónia “Faz ouvir a tua voz para defender os que não podem falar e os desventurados. Faz ouvir a tua voz em seu favor e faz justiça aos pobres e miseráveis.” (Provérbios 31:8-9)

 

Sónia Simões
Coordenadora do RT – Mulheres de Esperança