Tomada de Posição da Aliança Evangélica Mundial sobre o Brexit

A Aliança Evangélica Mundial (WEA) apoia a Aliança Evangélica do Reino Unido (EAUK) no seu apelo à unidade e à reconciliação após a população do Reino Unido ter votado em referendo a saída da União Europeia. O Bispo Efraim Tendero, Secretário-Geral da WEA, referiu: "Por favor, juntem-se a nós em oração pelo povo do Reino Unido e da União Europeia após esta votação, e orem especialmente pelos governantes que terão agora de trabalhar através de um inédito e processo desafiador. Vamos seguir as palavras do Apóstolo Paulo quando escreveu na carta a Timóteo: "Antes de tudo, recomendo que se façam súplicas, orações, intercessões e ações de graças, em favor de todas as pessoas;  pelos reis e por todos os que exercem autoridade, para que tenhamos uma vida tranquila e pacífica, com toda a piedade e dignidade.. "

A Aliança Evangélica do Reino Unido emitiu a seguinte declaração:

No rescaldo da votação do Reino Unido para deixar a União Europeia, Steve Clifford, diretor-geral da Aliança Evangélica, comentou: "Enquanto o Reino Unido votou para sair da UE, foi exposto profunda discordância em todas as nossas nações, cidades e regiões. O Reino Unido não está unido.” Dizendo ainda: "Entramos num momento de enorme incerteza, não só em como iremos renegociar o nosso relacionamento com nossos vizinhos europeus, mas também como o partido conservador que está actualmente no poder irá iniciar este processo de seleção do próximo primeiro-ministro. Este tem de ser um tempo para orar.”

"Quando olhamos para o futuro, a prioridade deve ser a construção de unidade e perspectiva da reconciliação. Tomámos uma decisão importante para os próximos anos, e muitas mais terão de ser tomadas ao longo dos próximos dias.”

"Como cristãos devemos seguir o Príncipe da Paz, e nós somos chamados a ser construtores de paz. Foi uma campanha com discórdias e agora é o momento de assumir as nossas paixões políticas e canalizá-los para a acção prática. A votação foi a demonstração da liberdade política, mas ao mesmo tempo expôs a fragilidade da nossa democracia. Assistimos a uma participação com níveis não vistos há décadas, mas também vimos campanha cínica e desonesta de forma a obter ganhos políticos. As nossas energias devem agora ser direccionadas para a construção de pontes dentro e entre comunidades de todo o Reino Unido.”

"Seguimos um redentor que reconcilia, e somos chamados para o trabalho da reconciliação. Nas nossas igrejas e nos nossos bairros, vivemos e trabalhamos ao lado de alguns que estarão a celebrar e outros estão decepcionados. A reconciliação requer honestidade e trabalho árduo, que exige respeito e abertura para com aqueles que discordamos. Não podemos ignorar as diferenças que esta votação tem exposto, mas não podemos deixar que as diferenças nos definam. As nossas mãos de amizade devem fazer o trabalho que a votação não pode.”

"Temos confiança em Deus que mantém as nações nas suas mãos, que é o criador de todas as coisas. Temos confiança que, embora os especialistas e comentadores pesquisadores possam estar discordantes, Deus não se intimidou.

"Hoje oramos pelo Reino Unido, oramos pela União Europeia, e oramos pela Europa. Também oro por David Cameron e pela sua família, assim como pelo partido conservador, uma vez que começou o processo de escolha do seu próximo líder e primeiro-ministro do país. Oremos por sabedoria para nossos líderes, que nestes dias navegam em águas incertas. Oremos por conforto para aqueles que estão decepcionados com o resultado, e oremos para que nos sejam renovadas as forças de forma a trabalhar juntos e para o bem de todos ".

http://www.eauk.org/current-affairs/media/press-releases/after-leave-vote-the-evangelical-alliance-calls-for-unity-and-reconciliation.cfm 

 

Para poder descarregar este texto em PDF clique aqui

 Se quiser conhecer outras Tomadas de Posição da AEP sobre outros assuntos, clique aqui.


Plataforma de Apoio aos Refugiados

A AEP segue atentamente o atual momento que a Europa está a viver, relativamente aos milhares de pessoas que estão a deixar os seus países de origem em busca de uma vida melhor. Para isso, foi criado um grupo de trabalho que está em articulação com a PAR (Plataforma de Apoio aos Refugiados) e queremos desafia-lo a envolver-se!

JoomlaXTC News - Copyright Monev Software LLC

Agenda

Encontro Nacional de 2017 da ACEPS-Portugal
23 de setembro de 2017
Conferência de Louvor - Lisboa
23 de setembro de 2017
Relacionamentos Saudáveis
23 de setembro de 2017
A verdade no Coração da Nação
30 de setembro de 2017
Concerto - Fernandinho
30 de setembro de 2017

Galeria



© Aliança Evangélica Portuguesa | Workmove