Tomada de Posição da AEP sobre cartazes do Bloco de Esquerda

A Aliança Evangélica Portuguesa, federação de igrejas evangélicas em Portugal, lamenta a campanha projetada pelo BE com uma mensagem destinada a provocar e ofender os sentimentos religiosos de muitos cristãos. A liberdade de expressão deve ser exercida no quadro do respeito pelos sentimentos religiosos dos cidadãos.

Fazer uma comparação entre a questão da divindade e humanidade de Cristo, por um lado, e por outro a adoção de crianças por casais homossexuais é, obviamente, descabida e ofende a sensibilidade de cristãos portugueses, sejam eles evangélicos ou católicos.

Cremos na dupla natureza de Jesus Cristo: Espiritual, onde temos a sua perfeita Divindade, e Humana, onde cabe um pai de Amor, José, que o adoptou e amou como assim devem amar todos os pais e mães, sem discriminações.

Jesus Cristo é reconhecido, por nós e em nós, não por imagens, ícones ou outras espécies de adereços, mas sim por vidas regeneradas.

Uma vez que Jesus Cristo veio, e sofreu até à morte, para regenerar vidas, e demonstrar uma atitude de amor e perdão para com aqueles que O ofendem, não desejamos, como cristãos evangélicos, contra-atacar num espírito polémico, mas não podemos deixar de afirmar que acreditamos e defendemos os valores Bíblicos em relação à Família e que continuaremos a orar pelos que estão em posições de responsabilidade, seja no Governo, Parlamento, Tribunais ou Autarquias.

Esforçamo-nos por contribuir em todas as esferas de ação para as quais Deus nos chamou, para que a sociedade seja mais justa, dentro dos parâmetros éticos que as Sagradas Escrituras ensinam.

A Direção

Aliança Evangélica Portuguesa

 

Notícia da "Tomada de Posição da AEP" na News Letters "Evangelical FOCUS" - Clique Aqui

Resposta do Bloco de Esquerda à Tomada de Posição da AEP

"No passado dia 27 de fevereiro foi publicada uma nota de imprensa dando conta do erro que foi o lançamento da imagem em causa. A porta-voz do Bloco de Esquerda afirmou que o cartaz com a figura de Cristo e a frase "Jesus também teve dois pais" foi um “erro” e sublinha que “as conquistas pela Igualdade ficam”.

O objectivo era assinalar uma conquista muito importante no campo da igualdade através da tradução de um slogan do movimento internacional cristão pela igualdade. Não foi compreendido e como não foi compreendido foi um erro. "Aprende-se. Vive-se. As imagens passam as conquistas pela igualdade essas ficam com certeza”, declarou Catarina Martins.

Somos determinados na procura dos nossos objectivos mas não somos irredutíveis na análise do resultado. Este não foi o desejado e daí termos feito o reconhecimento. Continuaremos a lutar por uma sociedade mais justa para todos e todas procurando respeitar todos e todas.

Com os melhores cumprimentos
Luís Costa
Pela Coordenadora Concelhia da Amadora

 

Se quiser conhecer outras Tomadas de Posição da AEP sobre outros assuntos, clique aqui.


Plataforma de Apoio aos Refugiados

A AEP segue atentamente o atual momento que a Europa está a viver, relativamente aos milhares de pessoas que estão a deixar os seus países de origem em busca de uma vida melhor. Para isso, foi criado um grupo de trabalho que está em articulação com a PAR (Plataforma de Apoio aos Refugiados) e queremos desafia-lo a envolver-se!

JoomlaXTC News - Copyright Monev Software LLC

Agenda

40ª Graduação
24 de junho de 2017
Conferência Nacional Jocum
30 de junho de 2017
Acampamento Baptista - Verão 2017
1 de julho de 2017
APECP - Verão 2017
2 de julho de 2017
Ferias com Deus
3 de julho de 2017

Galeria



© Aliança Evangélica Portuguesa | Workmove